Aparelhagem: “A mentalidade não acompanhou a revolução.”

Aparelhagem: “A mentalidade não acompanhou a revolução.” O tumulto que se sentiu em Lisboa alastrou-se lentamente pelo país. A informação e os meios de comunicação não eram tão rápidos. No nordeste transmontano, Ermelinda Terceiro sente, aos quinze, os sons a chegar, na década de oitenta, com o retorno dos emigrantes.

Ser Mulher pelos olhos de três gerações

O mundo mudou a uma velocidade exponencial. Se nos anos 50 a maioria das mulheres era educada para ser a “fada do lar” submissa e perfeita, a possibilidade de aceder à educação e ao mercado de trabalho conquistou-lhe a independência financeira de que precisava para ser livre. Apesar das conquistas, ainda existem desigualdades que é importante combater. Três mulheres dão voz a estas transformações.

Espingarda: “Tinha noção de que não nos pertencia.”

O avião da TAP levava os soldados para a Guiné em quatro horas. Manuel Leandro foi enviado em rendição pessoal aos 22 anos, em 1973. Já tinha dois anos de tropa feitos entre Amadora, Carregueira e Beja, mas nada o preparara para o que iria viver por lá. A história de Manuel Leandro.

Carnaval e Ano Novo Lunar mascarados

2021 trouxe a esperança de que a vida volte lentamente ao que era; que volte a proximidade e a liberdade de sair. Nem mesmo o vírus consegue apagar a vontade espalhar a alegria e a expectativa de que o novo ano seja diferente.

Pão: “Se a informação fosse banalizada, caía por terra.”

Ao ouvir o relato da revolução, conteve-se. Não sabia como iria desencadear-se a situação. Fez apenas o caminho de volta. Deixou o pão e um aviso: naquele dia não voltaria para casa, ficaria de prevenção militar, sem permissão para sair do quartel. A história de José Serrano.

A tendência de reeleição em Portugal

As eleições presidenciais em Portugal têm vindo a demonstrar uma tendência para a reeleição. Desde 1976, todos os Presidentes governaram durante dois mandatos – o máximo previsto por lei. A democracia à luz da Constituição atual conhece apenas cinco chefes de Estado: António Ramalho Eanes, Mário Soares, Jorge Sampaio, Aníbal Cavaco Silva e Marcelo Rebelo de Sousa.

Brasil elege agora o voto do futuro?

Mais de 147 milhões de brasileiros foram às urnas em 2020, no mês de novembro, para decidir o futuro de 5.569 cidades. Neste ano, elegeram-se os prefeitos (presidentes das câmaras) e os vereadores, que constituem as assembleias legislativas de cada município. Dados do Tribunal Superior Eleitoral indicam uma evolução de

Scroll to Top
0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap